Sua empresa é digital? E você?

Recentemente, um dos mais respeitados meios de comunicação para a área de Tecnologia, publicou uma série de dados interessantes e ao mesmo tempo intrigantes e contraditórios em relação às mudanças globais no mundo dos negócios.

O artigo demonstra quais foram as especializações, dentro da área de TI, mais demandas pelos CIOs em 2014.

Na lista temos: desenvolvedores de aplicativos móveis, gerentes de projeto, administradores de banco de dados, analistas de segurança e governança, analistas de help desk e suporte, desenvolvedores web, analistas de big data, analytics e redes. Veja o artigo na íntegra clicando no link a seguir: http://cio.com.br/tecnologia/2014/11/24/dez-profissionais-de-ti-mais-demandados-em-2014.

Ao analisar essa lista, confesso que fiquei preocupado com o futuro da área de TI e especialmente com a continuidade dos negócios das empresas que estão apoiando essa estratégia. Em sua grande maioria, observo posições totalmente operacionais que visam apenas suportar os negócios. Obviamente que precisamos manter a empresa funcionando, mas isso não é mais suficiente para os CIOs, para a área de TI e para o negócio.

E você caro leitor? Está se sentindo incomodado com essas informações? Se você não percebeu nada de errado, é hora de se atualizar sobre inovação e estratégias de negócios digitais. Por quê?

Estudos de uma consultoria respeitada globalmente informam que apenas 13% das empresas listadas entre as mais lucrativas no índice da S&P em 1967, continuavam nela em 2011. Agora o mais interessante: segundo o estudo, em 2020, esse mesmo índice será composto por cerca de 66% de empresas que sequer conhecemos hoje. Não acredita nisso? Posso citar alguns exemplos para reflexão: EasyTax, 99Taxi, Conta Azul, Facebook, Azul, WhatsUp, Evernote, Viber, AirBnb, Uber, Netflix, Amazon, Google, Apple, Microsoft, entre outros.

Todas essas empresas já nasceram digitais ou se transformaram para possuírem essa característica. Ser digital não significa apenas utilizar tecnologia. Empresas digitais são inovadoras, ágeis, flexíveis, aprendem rápido e combinam estrategicamente seus negócios e produtos com a tecnologia, criando modelos de negócios totalmente distintos, acabando com empresas e modelos estabelecidos e alterando todo o mercado.

Tanto a consumerização da tecnologia, quanto a incapacidade da área de TI de ajudar as empresas e executivos a se tornarem digitais, estão provocando alguns fenômenos globais, no mínimo curiosos. Por exemplo, 88% dos CIOs dizem que seus pares na organização já compram serviços de TI sem sua ajuda. O mesmo estudo mostra que 40% do orçamento de TI não está mais na mão do CIO. Consegue perceber as oportunidades, desafios e riscos dessas mudanças?

Fique ligado em nosso blog, pois nos próximos artigos abordarei esses temas, bem como quais são as novas competências e funções exigidas tanto pela área de TI, quanto para as demais áreas das organizações. Procurarei também, prover alguns exemplos de casos de sucesso de negócios digitais e inovadores.

3 thoughts on “Sua empresa é digital? E você?

  1. Ótimo artigo, Roberto. É aquela máxima: há tempos que a máxima “todos entendem de TI” vem se tornando ainda mais evidente, em que pese, quase nunca é verdade. E a gente vive sim um momento de ruptura: é quase uma autofagia. TI e Empresas Digitais já estão juntas e misturadas, ouso dizer que o “Depto de TI” ou está com os dias contados, ou correndo para se transformar. E isso, certamente, mobiliza nós os profissionais. Se correr o bicho pega, se ficar o digital come.

  2. Coelho, existe algum risco de estarmos vendo o inicio de uma segunda onda da bolha de TI ao mesmo tempo em que há essa volatilidade tecnologica?
    Um abraço!

    • Paulo, creio que estamos em outro momento e o risco é menor de uma nova bolha acontecer. Muito se aprendeu com as experiências do passado e hoje temos novos métodos que ajudam a prever com maior rapidez se uma ideia vingará ou não e com pouco investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>